915 727 774
pressinform@pressinform.pt

Desde que abriu em Julho, na Doca de Santo Amaro em Alcântara, o Clube de Padel recebeu cerca de 2 mil praticantes, tendo organizado com regularidade torneios e clínicas para jovens e adultos
Esta nova movimentação à beira Tejo tem contribuído para um aumento substancial do número de praticantes na zona da capital portuguesa, que ultrapassará os 3000 (cerca de 6.000 praticantes em todo o país).
Paralelamente à actividade no clube a empresa tem lançado conceitos como o ranking feminino Start Padel cuja 2ª edição conta com cerca de 70 participantes, o dobro da edição anterior. Este ranking é disputado nos 32 campos da grande Lisboa, sendo um exemplo de colaboração entre os vários clubes existentes.
“Muita gente aproveita as manhãs, horas do almoço e finais de dia para vir jogar e outros sentem curiosidade em experimentar, ficando logo adeptos, dada a facilidade que este jogo detém”, refere João Plantier, gerente do espaço
Estimando-se que em Portugal existam agora 6.000 participantes, metade dos quais na zona de Lisboa, regista-se assim que o Clube tem conseguido “criar” jogadores, democratizando o acesso e promovendo a experimentação do padel, especialmente entre pessoas que desconheciam a modalidade por completo.
O Padel é um desporto de raquete que se joga a pares e é de fácil aprendizagem, podendo ser praticado por jovens dos 7 aos 77 anos em cerca de 80 campos espalhados por Portugal. Lisboa (30 campos), Algarve, Madeira e Região Norte  lideram as zonas com mais espaços para um número aproximado de 4.000 praticantes a nível nacional. Em Espanha, este desporto é um fenómeno com 2 milhões de jogadores, número que deverá duplicar nos próximos cinco anos.

 

Ver website