915 727 774
pressinform@pressinform.pt

Idosos de Mora com apoio superior a 50 mil euros em 2016

O Município de Mora subsidiou no ano passado com 50.829,29 euros os possuidores do Cartão Municipal do Idoso, entre reformados, pensionistas e “menos jovens”, tendo atingido a emissão de 2.090 títulos desde a sua criação em 2001.

O valor disponibilizado pela autarquia subiu cerca de oito por cento face ao ano anterior, quando os detentores do documento receberam perto de 48 mil euros.

No total, desde a implementação deste benefício, aquela autarquia alentejana já despendeu 1, 782 milhões, correspondentes a emissão de 2.090 cartões, sendo, actualmente 1. 214 o número de activos favorecidos por esta ajuda social.

Em Maio tem lugar na Casa do Povo de Mora a festa que assinala os 16 anos do cartão com muita música e animação.

Além do desconto de 50% na medicação, em todas as taxas e licenças camarárias, no acesso a infraestruturas e actividades municipais, os benificiários podem também usufruir dos protocolos feitos pela Autarquia com algumas colectividades e pequenos comerciantes do concelho.  

Há três anos, a autarquia decidiu alargar o benefício para todos os que tivessem uma reforma até 400 Euros, ao invés dos 350 Euros em vigor até então. O número de documentos activos subiu muito devido a essa alteração, “significativa nos tempos actuais de crise”, conforme disse o Presidente da Câmara Municipal, Luís Simão.

O Cartão Municipal do Idoso foi criado para apoiar os mais desfavorecidos e garantir uma vida de melhor qualidade, beneficiando reformados, pensionistas e idosos residentes no Concelho há pelo menos um ano e cujas reformas não ultrapassem os 400 euros mensais.

O titular do Cartão do Idoso tem acesso à Oficina Domiciliária e descontos de 50 por cento em todas as taxas e licenças camarárias; comparticipação em igual percentagem na parte que cabe ao utente na aquisição de medicamentos (comparticipados pelo Serviço Nacional de Saúde) e comparticipação também em 50 por cento na aquisição de bilhetes de cinema e entradas nos campos de futebol do Concelho.